A Fisioterapia neonatal e Pediátrica é a área da Fisioterapia que atende  uma faixa etária específica, desde recém-nascidos a jovens de 18 anos de idade. Essa área atua especificamente na prevenção e tratamento de distúrbios que podem afetar o desenvolvimento infantil, sejam eles respiratórios ou neurológicos.

 

 A Fisioterapia respiratória é muito utilizadas em hospitais, consultórios e em domicílio como tratamento e prevenção de diversas doenças respiratórias como asma, pneumonia, bronquilite, gripe e resfriados. É indicada principalmente para prevenção ou quadros em que o bebê ou a criança apresente algum tipo de desconforto respiratório, como cansaço, tosse, falta de ar, “chiado” no peito ou secreção (catarro).

Os exercícios e as técnicas manuais ou mecânicas utilizadas ajudam a:

  • Mobilizar e eliminar as secreções pulmonares;

  • Melhorar a ventilação, oxigenação e trocas gasosas;

  • Promover a reexpansão pulmonar quando necessário;

  • Diminuir o trabalho respiratório;

  • Aumentar a mobilidade torácica e a força muscular respiratória;

  • Reeducar a musculatura respiratória;

  • Prevenir complicações pré e pós-cirúrgicas;

  • Diminuir o tempo de internação hospitalar.


Na área da Fisioterapia Motora/ortopédica atuamos especificamente na prevenção e tratamento de distúrbios que podem afetar o desenvolvimento motor infantil. Podemos tratar ou prevenir casos de fraturas, torsões ou pé torto congênito,  e também atuamos em casos de:

 

 - Prolongado tempo de internação;

 - Imobilização no leito,

 - alterações de postura;

 - Contraturas articulares;

 - Diminuição da força muscular, entre outras.

 

A terapia pode ser feita com exercícios passivos, ativo-assistido, ativos livres e ativos resistidos.

 

As crianças com distúrbios neurológicos podem apresentar alterações de movimentos, alterações sensoriais, cognitivas, além de fraqueza e atrofia muscular. A Fisioterapia Neurológica tem como objetivo analisar os déficits neurológicos e determinar o tratamento adequado para cada paciente. Atuamos em diversas síndromes e patologias neurológicas, reabilitando e prevenindo as possíveis sequelas.

 

A avaliação precoce de um fisioterapeuta especializado é essencial para que a criança possa iniciar o tratamento o mais cedo possível, visando assim uma recuperação mais rápida em casa ou um menor tempo de internação hospitalar.

 

© Fisiokids . Fisioterapia Pediátrica e Neonatal